CIRCUNVALAÇÃO

PORTO     2006-2007     ÁREA METROPOLITANA DO PORTO

Parque da Cidade
Parque da Cidade

Objetivos:1 - Estabelecer a ligação entre a futura Avenida Nun´Álvares (no Porto, concebida como um largo Boulevard-50m) e a Avenida Afonso Henriques (Matosinhos), em túnel; 2 - Criar condições optimizadas para o Circuito da Boavista, num cenário verde e sem muros (escapatórias), utilizando um parque de estacionamento paralelo à Circunvalação e aproveitando para reconstituir a Avenida da Boavista em Boulevard arborizado; 3 - Centro de Congressos junto ao Mar reestruturando edifício transparente.

press to zoom
Parque da Cidade, Centro Congressos
Parque da Cidade, Centro Congressos
press to zoom
Quartel Caulinos
Quartel Caulinos

Quartel, Caulinos - perspetiva à mão levantada. Objetivos: 1 - Alargamento da Circunvalação para um largo Boulevard (50m, utilizando todo o espaço-canal disponível); 2 - Parque na Ribeira de Ramalde; 3 - Eixo secundário S. João / Via Rápida; 4 - Alameda da Prelada; 5 - Quartel reafetado a outras funcionalidades.

press to zoom
Quartel Caulinos
Quartel Caulinos
press to zoom
Hospital São João
Hospital São João

1 - Grande Alameda do S. João, prolongada para a Maia - localização do eventual Governo e Parlamento Regional; 2 - Utilização do espaço-canal da Linha de Mercadorias de Leixões para extensão das linhas de Metro.

press to zoom
Hospital São João, Cidade da Saúde
Hospital São João, Cidade da Saúde
press to zoom
Via Norte
Via Norte

Objetivos: 1 - Porta Norte; 2 - Parque Zoológico.

press to zoom
Via Norte, Cidade das Artes
Via Norte, Cidade das Artes
press to zoom
AEP, Francos
AEP, Francos

Objetivos: 1 - Descarga da rotunda AEP por vários nós envolventes; 2 - Transformação da Via Rápida em Boulevard; 3 - Ligação da Avenida Antunes Guimarães à Avenida da Senhora da Hora (substituindo o viaduto por túnel); 4 - Ordenamento do Nó de Francos com vias secundárias e pedonais.

press to zoom

Fizemos este Projeto de Urbanismo a pedido da Área Metropolitana do Porto. A Circunvalação permanece sob a alçada das Estradas de Portugal, quando já devia, desde há muitos anos, ter sido desclassificada e integrada na rede urbana, deixando de ser uma barreira e de segregar setores de uma cidade que devia ser muito maior. Ao longo de toda a Circunvalação propusemos estabelecer articulações transversais, numa rede de Boulevards urbanos.
 

A nível de transportes, propusemos uma rede de Elétricos Rápidos Ligeiros, articulando as antigas Estradas, utilizadas agora como Corredores de Transporte Coletivo.

O Perfil da Circunvalação propõe-se em Boulevard tradicional (à imagem da nossa Avenida Gomes da Costa), contando com largos separadores verdes, alinhamentos de árvores, rotundas articulando eixos transversais, e colocação de carris de elétricos (nos separadores verdes, sempre que necessário), bem como ciclovias e passeios generosos.
 

A nível de iluminação, postes de alimentação elétrica e mobiliário urbano, propusemos modelos tradicionais em ferro fundido, com novas luminárias.
O âmbito do estudo efetuado ultrapassou em larga medida o solicitado, fruto da nossa visão integrada de toda a área urbana e necessidade de contribuir para o seu melhor desenvolvimento, resultando numa proposta que vai desde o Parque da Cidade até ao Freixo, circundando complementarmente Vila Nova de Gaia, hierarquizando e servindo o espaço urbano e identificando o coração da Área Metropolitana do Porto.

Legenda Ultima Imagem

1) Parque da Cidade: 1-Estabelecer a ligação entre a futura Avenida Nun´Alvares (no Porto, concebida como um largo Boulevard-50m) e a Avenida Afonso Henriques (Matosinhos), em túnel; 2-Criar condições otimizadas para o Circuito da Boavista, num cenário verde e sem muros (escapatórias), utilizando um parque de estacionamento paralelo à Circunvalação e aproveitando para reconstituir a Avenida da Boavista em Boulevard arborizado; 3-Centro de Congressos junto ao Mar (restruturando o edifício transparente); 4-Prolongar o Parque para Matosinhos (sector dos depósitos de combustíveis) com passagem aérea; 5-Prolongar a malha de Matosinhos-Sul em caminhos pedonais no Parque (esboçando o projeto original que ainda hoje é visível junto ao Bela Cruz).

2) AEP-Francos:1-Descarga da rotunda AEP por vários nós envolventes; 2-Transformação da Via Rápida em Boulevard; 3-Ligação da Avenida Antunes Guimarães à Avenida da Senhora da Hora (substituindo o viaduto por túnel); 4-Ordenamento do Nó de Francos com vias secundárias e pedonais.

3) Quartel-Caulinos: 1-Alargamento da Circunvalação para um largo Boulevard (50m, utilizando todo o espaço-canal disponível); 2-Parque na Ribeira de Ramalde; 3-Eixo secundário S.João/Via Rápida;
4-Alameda da Prelada; 5-Quartel reafectado a outras funcionalidades.

4) Via Norte: 1-Porta Norte; 2-Parque Zoológico

5) Hospital de S. João: 1-Grande Alameda do S. João, prolongada para a Maia-Governo e Parlamento Regional; 2-Utilização do espaço-canal da Linha de Mercadorias de Leixões para extensão das linhas de Metro.

6) Contumil: 1-Via Nordeste, ligando o Nó das Antas a Ermesinde, em auto-estrada urbana (integrada); 2-Rede Urbana estruturada com Metro na Circunvalação.

7) Campanhã-Freixo: 1- Parque Metropolitano (3 Concelhos-Temático; Remo; Ténis; Marina; Hípico; Golfe…); 2-Ligação do Nó do Freixo à Estação de Campanhã.



A) Bacia de S. Paio: 1-Túnel de ligação da futura Avenida Nun´Alvares à proposta via litoral de Gaia (Francelos-Miramar) através da Alameda do Fluvial; 2-Equipamentos de vocação marítima e fluvial (Oceanário/Fluvial/Institutos/Museus...)- Cidade do Mar; 3-Ligação dos Parques de Serralves e Pasteleira ao Rio Douro, através da abertura da Ribeira de Ramalde pela Alameda do Fluvial-Contando com Equipamentos complementares ao Museu.



B) Rotunda da Boavista: Consolidação do Centro de Negócios.



C) Eixo Norte-Sul, S. João-Gaia: 1-Prolongamento da Rua de Sá da Bandeira até ao Polo 2 da UP/S. João.



D) Antas: 1-Cidade Desportiva; 2-Centro Direcional do Monte Aventino; 3-Prolongamento do Jardim da Praça Velasquez/Sá Carneiro até ao M. Aventino; 4-Plataforma sobre o Nó da Av. Fernão Magalhães-Pavilhão de Estrela e Vigorosa; 5-Nova Centralidade de Negócios.



E) Eixo Nascente-Poente, Campanhã-Boavista: 1-Prolongamento do Eixo do Viaduto de S. Cristóvão até Campanhã (em túnel e alameda); 2-Centro Direcional e de Negócios sobre a Estação Central do Metro-Trindade; 3-Área Metropolitana do Porto no Palácio das Cardosas.



F) Cordoaria e Batalha: 1-Cidade da Cultura (Sala de Concertos/Teatro/Biblioteca/Mediateca/Museus/Residências de Estudantes/Organismos...Vários Equipamentos para revitalização da vida do Centro);

G) Centro Porto-Gaia: Cidade do Vinho do Porto e do Douro: 1-Marina da Ribeira; 2-Nova ponte junto à Igreja de S. Francisco (anel de circulação do centro histórico).